fbpx

Blog

Um texto sobre realidades

Esse é um texto sobre realidades.

Sem glamour. Sem mimimi.

Há um ano, a minha realidade mudou.

Hoje, eu posso acordar, colocar o notebook na mochila, sentar num café e trabalhar. (Ou eu posso ficar na bancada da cozinha da minha casa. Ou, ainda, na área da piscina. E tudo bem!)

O mercado financeiro não remunera apenas financeiramente; esse é o menor dos benefícios.

Porém, as coisas não acontecem do dia pra noite; o intervalo pode demorar anos. E também não é esse mar de rosas que vendem por aí.

Fui professora de inglês, me graduei em direito, estagiei em banco público, advoguei, me especializei em Ciências Penais, trabalhei no serviço público, me tornei professora num centro universitário, fui orientadora em núcleo de prática jurídica e de pesquisa, concluí meu mestrado em Direito e Negócios Internacionais…

E, então, quando eu ia partir pro doutorado, algo me fez parar e aquela crise existencial tomou conta. Era realmente aquilo que eu queria fazer pro resto da minha vida? Ainda estava fazendo sentido?

Como era a minha realidade? Eu tinha dois empregos: um público e um privado, que me remuneravam muito bem, a propósito. Já tinha conquistado meus principais objetivos financeiros. O que me faltava?

Era isso que me faltava: a liberdade de pegar a mochila e trabalhar de qualquer lugar, fazendo meus próprios horários e sendo bem remunerada por isso.

Então, o que eu fazia apenas por hobby, e uma vez por mês, passou a ser a minha dedicação exclusiva: comecei a cuidar do meu dinheiro de uma forma muito mais carinhosa. Ousei sair da renda fixa e migrar pra renda variável.

Só aí o Mercado Financeiro me proporcionou a tão sonhada liberdade que procurava. E foi bem difícil encontrar.

Foram anos de muito estudo, dedicação e treino. ANOS!

Toda a preparação de uma vida me trouxe até aqui. Nenhum curso foi em vão, nenhum conhecimento adquirido foi inútil.

A mensagem que eu quero deixar pra você é essa: não compare os seus bastidores com o palco de ninguém. Você não sabe o que o outro passou, os nãos que ele levou, as pauladas que a vida deu. Você não sabe.

A única ferramenta que você tem nas mãos é o poder de transformar a SUA PRÓPRIA VIDA.

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *