fbpx

Estratégia “White Flag” no operacional daytrade

Como desenvolver uma estratégia e conseguir implementá-la no dia a dia operacional? Para alcançar esse objetivo e ser um trader profissional com sucesso e disciplina, você precisa entender que alguns detalhes são essenciais na sua rotina. Estão prontos? Então, vamos lá.

Nesse artigo, pretendo discorrer sobre o que eu chamo de estratégia “White flag” para as operações daytrade.

Eu dei esse nome a ela em razão de buscar uma estratégia que fosse clara e objetiva, para ensinar de uma forma bem fácil de entender. O operador desenvolve alguns hábitos e, ao atingir os limites estabelecidos, é hora da bandeira branca, “white flag”.

Por que eu escolhi esse nome? Bem, durante a idade média, cada vilarejo ou região possuía sua bandeira com listas, desenhos, etc. Porém, quando um povo estava fora de uma guerra ou batalha com outros, em vez de colocar as cores de sua bandeira, hasteava uma bandeira branca em sinal de neutralidade. A bandeira branca é mais conhecida por ser o símbolo da paz.

E o que ela representa pra nós, traders? Durante as mentorias e as aulas ministradas nos cursos Mulher na Bolsa e Dna de Mercado, percebi que as constantes queixas giravam em torno da falta de disciplina e o quanto isso tirava a paz dos traders. Então, após uma reflexão intensa, percebi que a falta de clareza quanto ao plano de trade, até onde ir e quando parar, tudo isso realmente confundia e proporcionava um ambiente propício para resultados ruins.

Bem, já adianto que não existe fórmula mágica pra nada! Cada ser humano é único, com suas peculiaridades, traumas, gostos, dificuldades, dons e sonhos.

O autoconhecimento, portanto, é fundamental na busca pela evolução e o primeiro passo nessa caminhada para desenvolver um ritual próprio.

De que adianta seguir uma fórmula genérica de ritual de sucesso (que todo mundo faz) e isso não funcionar pra você? Quer saber? Você não é todo mundo.

Acordar antes das 4h da manhã se tornou um hábito pra mim, mas será que isso não será um sacrifício gigante pra você? Será que o seu corpo funciona melhor quando você acorda depois das 8h da manhã? Você prefere fazer atividade física pela manhã ou à tarde? É mais prazeroso tomar café ou chá? Então, se você começar a trabalhar internamente o que funciona melhor pra sua vida, vai encontrar um ritual de evolução que seja só seu.

Da mesma forma acontece no Mercado Financeiro: você precisa descobrir qual será a modalidade que te trará mais prazer em operar (daytrade, swing trade ou position trade) e, então, desenvolver a sua estratégia.

Nesse texto, vamos falar especificamente sobre a modalidade daytrade e a estratégia “White flag”. O seu ritual aplicado diariamente vai te levar a adquirir disciplina! E não é isso que um trader almeja conseguir?

Daytrade é uma atividade que exige bastante disciplina e foco. E isso inclui acompanhar diariamente os gráficos de índices internacionais, notícias que tenham relevância sobre as empresas e os mercados, apurar diariamente os resultados, mantendo para isso um relatório sobre as operações, que servem de base para avaliar as suas estratégias.

Um detalhe importante: pesquisadores da UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles) afirmam que você deve visualizar os seus objetivos para se tornar mais disciplinado! Então, tire o seu planejamento do mundo das ideias, anote, visualize e comece a praticar. Só assim pra gente conseguir mudar de vida. E pra melhor!

Observando que a meta deve ser possível e atingível, de acordo com o capital que você destinar para operações de alto risco e o limite diário de loss deve ser menor do que a meta diária de gain, obviamente.

É bem verdade que, em daytrade, o tempo diário de trabalho varia e pode ser bem curto, a depender da estratégia. Se, às 11h15 da manhã, eu já bati a meta diária de gain, qual o motivo de continuar operando? Não tem razão, pois quem é trader sabe da imensa vontade de clicar quando estamos em frente ao gráfico.

Mas qual a chance disso dar errado e o trader devolver o dinheiro que já tinha feito? 100% de chance real. Motivo: a confiança de já ter feito um resultado positivo pode se transformar em displicência. Ou seja, o operador está tão cheio de si, confiante, que pode acabar descuidando de detalhes importantes no operacional e isso se tornar um resultado negativo.

Nada pior do que fechar o dia no vermelho, depois de ter feito um resultado positivo no início dele, não é mesmo?

Então, a dica é essa: procure outra atividade para fazer quando bater a meta de gain ou atingir o limite de loss diário. Você pode estudar mais sobre análise técnica, ler obras que acrescentam ferramentas ao seu operacional, escrever um diário de trades, treinar no ambiente simulador da sua plataforma Profit, fazer backtestings. Mas não fique em frente ao gráfico da conta real, pois é tentador!

Então, recapitulando: definição de metas claras + gerenciamento de risco + respeito ao seu capital + saber parar = DISCIPLINA. E isso deve ser cultivado diariamente, até se formar um hábito e entrar no “piloto automático”!

Operar daytrade é saber gerir uma empresa, onde você é o CEO, o profissional da limpeza, a pessoa que faz o cafezinho, gerente e telefonista: tudo ao mesmo tempo.
Como trader, você desempenha todas as funções do seu “negócio”.

Por isso, acreditamos que o investimento em autoconhecimento é essencial para o sucesso nessa atividade. Não é fácil administrar bem todos os “setores”, mas é perfeitamente possível.

Para operar daytrade, não adianta também ler todos os livros e dominar todas as técnicas na teoria. É preciso colocar em prática e treinar bastante para que os resultados positivos cheguem logo.

O dinheiro é a nossa matéria prima, mas é necessário usar essa matéria prima de forma inteligente. Além disso, o operador de Mercado Financeiro precisa desenvolver controle emocional.

O dinheiro também é emocional, portanto, tenha a mentalidade para saber lidar com ele. Ele é o seu funcionário, não o seu dono!

O trader deve ser capaz de analisar gráficos, volume de transações, padrões e outros, a fim de identificar tendências de comportamento futuro. Tal análise oferecerá insumos para que estude as possibilidades de alta e baixa do mercado, avaliando-as por meio de uma visão técnica e holística.

Quando existe um simulador para treinar o que foi estudado na teoria, não há motivo para “queimar” dinheiro, rasgar dinheiro. Aprenda primeiro. Invista em conhecimento. Estude e treine. Acerte os seus ponteiros.

Treinos e estudos são essenciais na atividade de trader. Portanto, tenha certeza de que estudou, pesquisou, testou e treinou por várias horas.

Então, a estratégia “White flag” é uma ferramenta que exige que o trader empreenda a disciplina através do respeito aos três importantes planos: gain, loss e a hora de parar de operar daytrade.

Você precisa definir a sua meta de gain diária, de acordo com o seu capital, a sua quantidade de contratos em operação. Isso é personalíssimo!

Depois, é necessário estabelecer o limite de loss diário, pois o gerenciamento de risco é o seu fiel escudeiro.

E então, chega a parte mais importante da estratégia “White flag”: a disciplina. Ela é essencial, pois quando você atingir a meta de gain ou o limite de loss, deve parar de operar. Aí entra a tal bandeira branca, a “white flag”: não queira fazer “só mais uma operação”. Não coloque em risco o seu plano!

Caroline Daher*.

 

1º de fevereiro de 2021, da Califórnia para o Blog da Nelogica.

 


* Caroline Daher é analista de investimentos CNPI-T, Mestre em Direito e Negócios Internacionais. É criadora do blog, do canal, do podcast e do livro Mulher na Bolsa. É escritora apaixonada por aprender e ensinar, que vive com o escritório na mochila.

2 Comments

Gabriel
29 de março de 2021

Parabéns pela matéria!

Reply
Caroline Daher
29 de março de 2021

Muito obrigada, Gabriel!!! TMJ.

Reply

Leave a Comment